Skip to Content

capa_ondecomer_ny

Ufa! Finalmente a primeira parte desse post saiu, hein! rsrs Um pouco (muito) atrasado, mas eu precisei fazer com calma mesmo porque são muitas informações e não queria jogar de qualquer jeito para vocês!

E quando a gente viaja é sempre bom ter indicações de lugares para comer. Por isso queria fazer este mini-guia para ajudar quem não conhece muito a Big Apple.

Resolvi começar logo pelas gordices, porque ir aos States e não comer fast food é praticamente impossível! Por essa razão a primeira parte do guia será dedicada a isso. Trouxe opções de hambúrgueres (claroooo), pizza e comida mexicana, tudo de dar água na boca. Esses lugares são de comida rápida mesmo e você não tem a obrigação de pagar gorjeta (na verdade, nenhum restaurante lá obriga, mas é uma indelicadeza e falta de educação medonha se recusar). Porém, nas lanchonetes, como os pedidos costumam ser feitos diretamente no balcão, a gorjeta é totalmente dispensável. Ahhh, dica muito importante: nem percam o tempo indo ao Mc’Donalds. É barato, é. Mas tem péssima reputação quanto à qualidade e procedência da comida.

Eu tive sorte porque Junior Vale já conhecia tuuuuudo e foi um super guia. Mas quem está indo pela primeira vez (ou mesmo quem já foi, mas não conhece essas opções) vale a pena imprimir o post ou salvar numa pastinha para não perder as dicas. São quatro opções de fast food imperdíveis em Nova York! E vou confessar que foi muito difícil fazer essa postagem sem ficar salivando! #tortura Então vem comigo! 😉

Continue lendo

capa

Oi, gente! Tudo bem?

O que eu tenho pra trazer hoje pra vocês me deixa muito animado! Um assunto que encanta 99% da população mundial: #CHOCOLATE! 😯

Eu arrisco esse número, mas acho mesmo é que 100% de nós amamos chocolate. Com tantas receitas possíveis e opções diferentes: amargo, ao leite, branco, com pimenta… é bem provável que quem não gosta apenas ainda não encontrou uma receita que agrade. Pois bem, depois de a Megg ter mostrado o mais famoso do mundo, agora é a minha vez de compartilhar com vocês um fenômeno do chocolate em ascensão.

Conheça o Max Brenner, uma rede de restaurantes especializados em chocolates que está ganhando o mundo.

Mas como assim, especializado em chocolates? É que aqui você encontra receitas exclusivas e combinações inimagináveis. E todas de encantar o paladar.

Mas o que é legal mesmo por trás do Max Brenner é que o chocolate convida, mas não é o único fator que nos convence a amar esse lugar. O cardápio inclui várias opções de entrada; que vão de fondue de alcachofra e espinafre (delícia, recomendo!) a asinhas de frango e batatas fritas cobertas com pó de cacau; pratos principais e sobremesa. E tudo adaptado pra vários momentos do dia, já que no daqui o funcionamento ocorre das 9h às 2h da manhã.

Essa não foi a primeira vez que eu fui ao restaurante. Já provei de quase tudo por lá: crepes, omeletes, waffles, pizzas, fondue salgados, hambúrguer, massas e drinks, tudo muito bom haha. Quem me acompanhou nessa visita foi a Camille Panzera, editora de viagens do Melhores Destinos. Inclusive, a foto do fondue que assina o post é dela. 😀 Vamos às nossas escolhas da noite?

Continue lendo

capa_queijos_frança

Que a França é famosa por sua culinária, todo mundo já sabe. E juro que essa fama não é exagero. Uma das coisas que eu mais gosto nesse país é a comida. Sempre, sempre, sempre me acabo de comer e beber. Sou louca por vinhos, queijos, patês etc, etc, etc. E, se vocês também fazem parte do meu time, a França é destino obrigatório.

É incrível como se pode comer bem em qualquer boteco francês (err, não lembro de botecos na França, mas deu pra entender, né). E muito se engana que comer bem na França é coisa de rico…

Em qualquer mercadinho é possível encontrar uma variedade de deixar qualquer hipermercado brasileiro com inveja. E com preços de fazer mais inveja ainda.

Tipo, encontrar no supermercado queijo brie ou camembert da marca Président em torno de 2 euros é o normal. Isso mesmo, você leu certinho: 2 euros!!!! Eu tenho vontade de chorar, mas fazer o que, né? Já dizem os franceses: c’est la vie!

Enquanto estive em Albi, aproveitei uma visita ao supermercado para mostrar essa variedade fenomenal de queijos. São tantos e de tantos tipos que você se perde na escolha. E olha que eu nem fotografei a seção dos queijos industrializados (que também é gigante!). Muitos dos queijos desse post são de fabricação artesanal e produção local (os de cabra, pra mim, são os melhores, apesar de pouca gente gostar por conta do cheiro e textura). Detalhe: Albi tem em torno de 50.000 habitantes. Onde a gente encontra uma cidade no interior do Brasil com um supermercado com tanta variedade e preços para todos os bolsos?

Continue lendo

capa_look_belgica

Oi, chiquitos de mi corazón! Sentiram saudades? rsrs Passei alguns dias sem postar por conta da viagem, mas tenho um montão de looks, dicas e fotos lindas para mostrar para vocês. Como é muita coisa, vou postando pouco a pouco.

Meu tour começou por Albi (França), depois segui para Bruxelas (Bélgica), em seguida Hameln (Alemanha), a quarta parada foi em Paris e, por último, retornamos para Albi. Ufa!

A cidade que escolhi falar hoje é Bruxelas. Capital da União Europeia, a cidade é um importante centro da política internacional.

Apesar de ter duas línguas oficiais (holandês e francês), é muito fácil se comunicar nessa capital poliglota. Eu recomendo demais para quem procura um destino diferente na Europa. Como não passei muito tempo por lá, vou dar apenas algumas pinceladas das minhas impressões sobre a cidade. Mas, sem dúvida, já estou louca para voltar e conhecer um pouco mais!

Continue lendo

Fashionland. Todos os direitos reservados ® 2012

ponto criativo