Skip to Content

Amar: a arte do recomeço…

28 nov

É que nem um viral. Em se tratando de amor, basta surgir numa rede social qualquer, que em segundos acumula milhões de curtidas/compartilhamentos/comentários…

O da vez é tão realista, que não para de ser passado adiante. Trata-se da citação do escritor irlandês, C.S. Lewis, que ganhou destaque na charge que segue.

No livro “The Four Loves”, eis que Lewis resume o amor. Seus excessos. Suas faltas. E aconselha:

“To love at all is to be vulnerable. Love anything, and your heart will certainly be wrung and possibly be broken. If you want to make sure of keeping it intact, you must give your heart to no one, not even to an animal. Wrap it carefully round with hobbies and little luxuries; avoid all entanglements; lock it up safe in the casket or coffin of your selfishness. But in that casket — safe, dark, motionless, airless — it will change. It will not be broken; it will become unbreakable, impenetrable, irredeemable. The alternative to tragedy, or at least to the risk of tragedy, is damnation. The only place outside of Heaven where you can be perfectly safe from all the dangers and perturbations of love is Hell.”

“Amar a todos é ser vulnerável. Ame qualquer coisa e seu coração irá certamente ser espremido e possivelmente ser quebrado. Se você quer ter a certeza de mantê-lo intacto, você não deve dar o seu coração a ninguém, nem mesmo a um animal. Envolva-o cuidadosamente em volta com hobbies e pequenos luxos, evite qualquer envolvimento, trancá-lo em segurança no caixão ou caixão do seu egoísmo. Mas nesse caixão – seguro, escuro, imóvel, sem ar – ele vai mudar. Não será quebrado, mas vai tornar-se inquebrável, impenetrável, irredimível. A alternativa a uma tragédia, ou pelo menos para o risco da tragédia, é a condenação. O único lugar fora do céu onde você pode estar perfeitamente a salvo de todos os perigos e perturbações do amor é o inferno.”

Amante inveterado, devo assumir que já passei por várias dessas situações. #dramapessoal Quem nunca, né?!

acd6bf8cc8ce170157270dca3647314fdfe90b379f4bc1558f8edff14b81a19c

Afinal, amar é isso. No céu ou no inferno, a arte do recomeço!

Com informações do zenpencils.com

Tags: , , ,

Postar um novo comentário

Seu comentário pode levar alguns minutos para aparecer.

*

Fashionland. Todos os direitos reservados ® 2012

ponto criativo