Skip to Content

Monthly Archives: abril 2014

Oi, chicas! Mais um dia de look internacional e numa das cidades mais lindas e charmosas do mundo: Paris. É quase impossível não voltar a Paris e não repetir os mesmos clichês de sempre. Fico pensando se um dia vou enjoar da Torre Eiffel… kkkk

Aproveitei os mil e um cenários de filme da cidade luz para fazer as fotos do look. Cada parada, um clique (ou muitos rsrs). E eu precisava fazer jus a uma cidade tão encantadora como Paris, né?

Por isso, montei uma produção elegante, feminina e com um ar boho chic para passear pelas ruas de Paris. O blazer eu já mostrei aqui no blog, no post sobre a coleção primavera/verão da Zara (confiram aqui). Estou muito apaixonada por ele! Acho linda a cor, pois ilumina, traz vida. E é uma peça perfeita pra quem quer criar contrastes (usar peças mais sóbrias, por exemplo, e jogar o blazer para contrapor). Já a saia animal print é super charmosa e tem um caimento maravilhoso. A mistura do blazer e saia longa tem tudo para ser uma combinação bem conservadora, mas a cor do blazer e a estampa da saia fizeram toda diferença para tornar a produção mais divertida e interessante.

Concordo que salto alto costuma dar uma ‘levantada’ no look, mas nem sempre substituí-lo significa estar desarrumada. E minha produção de hoje mostra bem isso. Mais outra ideia para quem quer estar elegante, mesmo turistando, mas sem estragar o passeio com aquele salto que só vai te fazer voltar para o hotel. Vamos ao look?

Continue lendo

Que a França é famosa por sua culinária, todo mundo já sabe. E juro que essa fama não é exagero. Uma das coisas que eu mais gosto nesse país é a comida. Sempre, sempre, sempre me acabo de comer e beber. Sou louca por vinhos, queijos, patês etc, etc, etc. E, se vocês também fazem parte do meu time, a França é destino obrigatório.

É incrível como se pode comer bem em qualquer boteco francês (err, não lembro de botecos na França, mas deu pra entender, né). E muito se engana que comer bem na França é coisa de rico…

Em qualquer mercadinho é possível encontrar uma variedade de deixar qualquer hipermercado brasileiro com inveja. E com preços de fazer mais inveja ainda.

Tipo, encontrar no supermercado queijo brie ou camembert da marca Président em torno de 2 euros é o normal. Isso mesmo, você leu certinho: 2 euros!!!! Eu tenho vontade de chorar, mas fazer o que, né? Já dizem os franceses: c’est la vie!

Enquanto estive em Albi, aproveitei uma visita ao supermercado para mostrar essa variedade fenomenal de queijos. São tantos e de tantos tipos que você se perde na escolha. E olha que eu nem fotografei a seção dos queijos industrializados (que também é gigante!). Muitos dos queijos desse post são de fabricação artesanal e produção local (os de cabra, pra mim, são os melhores, apesar de pouca gente gostar por conta do cheiro e textura). Detalhe: Albi tem em torno de 50.000 habitantes. Onde a gente encontra uma cidade no interior do Brasil com um supermercado com tanta variedade e preços para todos os bolsos?

Continue lendo

Hoje é dia de segunda-feira colorida e animada aqui no blog! rsrs Trouxe para vocês um pouquinho do meu dia na Disneyland Paris. Eu sei, eu sei que Disney é muito manjado e que a versão americana deve ser muiiiiiiiiito maior. Mas, acreditem, nunca fui ao famoso parque dos sonhos. Nem mesmo quando completei 15 anos. kkkkk Engraçado que já viajei pra tanto lugar, mas a terra do Mickey Mouse nunca esteve nos meus planos.

E, olha, vale a experiência. Chicas prestes a completar 15 anos: não deixem de ir! E quem já passou e muito dos 15: não percam mais tempo! É realmente um mundo de fantasia, de encantamento, alegria e diversão.

Não interessa se é tudo fake ou pura ilusão. A vida não teria graça se tudo fosse sempre preto no branco, né? Eu pirei com as princesas, com os bonecos dos desenhos que eu costumava assistir, com as paradas, com os castelos e, claro, com os brinquedos (os mais loucos semmmpre). Parecia criança deslumbrada (#abafa)!

Pra quem vai passar poucos dias em Paris e é a primeira vez na cidade, não recomendo a visita, pois é preciso passar o dia inteiro para aproveitar bem o parque. Mas quem já conhece a cidade luz e vai passar 6 dias em diante, vale a pena o passeio na Disney Paris. A versão francesa da Disney possui dois parques: Disneyland Paris e Walt Disney Studios. Com um dia é possível conhecer os dois parques (isso durante os meses de primavera e verão europeu em que o sol se põe mais tarde). Quando fui o dia estava perfeito, com temperatura agradável, um sol radiante e um céu azul e sem nuvens. Na verdade, tive muita sorte, porque durante o mês de abril o clima costuma oscilar bastante.

Continue lendo

Quando a gente vê aquelas casinhas com um monte de vigas de madeira aparentes cruzando as paredes já associamos à Alemanha, né? E não é à toa. Basta visitar algumas cidades alemãs para perceber que esse tipo de construção – denominado Enxaimel ou Fachwerk – está sempre presente.

O enxaimel é uma técnica de construção que não se sabe exatamente de onde surgiu, mas sua base é germânica. Enxaimel quer dizer enchimento.

Portanto, primeiro era construído o esqueleto da casa com toras grossas de madeira encaixadas entre si em posições verticais, horizontais e inclinadas. Depois do esqueleto pronto, os espaços eram preenchidos com os materiais disponíveis em cada região (pedras, argila, tijolos). Esse tipo de construção costumava ser bastante artesanal, principalmente quando as casas eram feitas em áreas rurais. Talvez por isso não se veja edifícios com mais de seis andares feitos em Fachwerk na Alemanha e/ou Europa.

Outra curiosidade é que o térreo dessas construções costumam ter o pé direito mais alto que os andares de cima. Ou seja, a altura do teto é mais baixa nos andares superiores (reparem nas janelas que se encontram no térreo e as janelas de cima). Segundo informações locais, isso acontecia porque pessoas menos abastadas moravam nos andares superiores e costumavam ser mais baixas que as pessoas ricas, por isso a diferença na altura dos andares (some-se a isso o fato de que, antigamente, as pessoas eram realmente mais baixas que atualmente).

Continue lendo

Fashionland. Todos os direitos reservados ® 2012

ponto criativo